Whatsapp

O Melasma é caracterizado por manchas escuras na pele que costumam aparecer na face, mas podem se manifestar em outras regiões como nos braços e no colo, regiões que geralmente estão expostas ao sol.

A condição é mais comum em mulheres, estando relacionada ao uso de anticoncepcionais, gestação, exposição solar e predisposição genética. Também pode afetar os homens, embora seja mais raro. 

Pessoas asiáticas e/ou de pele negra possuem maiores chances de serem afetados pelo melasma.

Como Prevenir o Melasma?

A fotoproteção é a chave. Além de ser benéfico em muitos outros aspectos, o uso do protetor solar pode prevenir o melasma. É válido ressaltar que a aplicação do produto deve ser feita independente do clima: mesmo que esteja muito frio, a luz visível ainda é perigosa.

Quais são os Sintomas do Melasma?

Manchas muito escuras ou com um tom castanho passam a se manifestar no rosto, em geral na região do terço médio, conheço como “maçãs do rosto”. Testa, nariz e lábio superior também podem ser acometidos pelo Melasma. Além da face, podem aparecer também no pescoço, colo e nos braços.

Essas manchas possuem formatos irregulares, são simétricas e bem definidas. 

Quais são os Tipos de Tratamento?

Os tratamentos para o Melasma podem variar entre medicamentos tópicos e procedimentos que clareiam a pele. Procedimentos como Peeling Químico e o uso de tecnologias a laser geralmente são bem utilizados. A fotoproteção é imprescindível neste processo. O produto deve possuir proteção contra os raios UV tipo A e B, devendo ser indicado por um dermatologista especialista. 

Cremes com substâncias clareadoras podem ser indicados. Ácido Glicólico, Ácido Kójico, Ácido Retinoico e Ácido Azeláico podem proporcionar bons resultados. É importante que a pele se adapte ao creme, caso contrário, outros tipos de ativos e tratamentos devem ser abordados. 

O tratamento para o Melasma dependerá de vários fatores, o que deixa claro a importância de passar com um especialista da área para que ele possa verificar o que é melhor para o seu tipo de pele e para sua saúde. Pesquise um Dermatologista registrado na Sociedade Brasileira de Dermatologia e não deixe de tirar todas as suas dúvidas.