Whatsapp

Como tratar a Vermelhidão do Colo?

Uma condição comum e não relacionada à exposição solar, a Vermelhidão do Colo aparece em qualquer época do ano. Chamada de Poiquilodermia, pode acometer tanto a região facial, quanto a do colo.

O processo natural do envelhecimento pode acometer diferentes regiões do rosto, apresentando sinais como rugas, linhas de expressão e flacidez. Quando combinado a falta de cuidados específicos, outros tipos de sinais podem aparecer, como a vermelhidão do colo.

O que é a Vermelhidão do Colo – Poiquilodermia?

A Poiquilodermia consiste na atrofia da pele, apresentação de vasos e hiperpigmentação, e essa combinação resulta na vermelhidão do colo ou no rosto. 

A condição pode se apresentar a partir dos 40 anos e é causada pela exposição solar excessiva durante todos os anos anteriores. A falta de costume em usar protetor solar diariamente é um agravante, por isso sempre ressalto a importância de utilizar o protetor solar indicado para o seu tipo de pele!

Como tratar a Vermelhidão do Colo?

O tratamento dessa vermelhidão crônica deve ser realizado com Lasers e/ou Luz Pulsada. Tratamentos tópicos não são suficientes. 

O Laser CO2 Fracionado pode ser efetivo no tratamento. Através de microfeixes, o pescoço e a face são tratados de maneira aprofundada. O número de sessões dependerá do nível da condição. 

A partir de 30 dias já é possível notar os resultados do tratamento, que melhoram gradativamente conforme a realização das sessões a laser. Por ser um laser mais agressivo, sua recuperação pode ser um pouco mais lenta. Pode ocorrer certo inchaço e desconforto, que devem passar em torno de 48 horas.

Rejuvenescimento da Região do Colo

A tecnologia aplicada para atenuar a Poiquilodermia também pode ser aproveitada para rejuvenescimento, sendo utilizada como complemento. Lembre-se que o rejuvenescimento deve ser realizado em etapas, sempre priorizando a harmonia entre colo, pescoço e face.

Procure um Dermatologista registrado na Sociedade Brasileira de Dermatologia.